11/09/2011

11 Set - 10º aniversário

No princípio, a Humanidade era una.
E o Homem reconhecia o seu semelhante e distinguia-o dos outros animais pelos dons que lhe haviam sido dados: pela postura erecta, pelas mãos ágeis, pelo sorriso, pela voz.
E o Homem formou tribos, sociedades, uniu-se e trabalhou para o Bem comum.

Depois, chegou o tempo em que o Homem já não se reconhece a si próprio e usa a sua postura para ameaçar, as mãos para esmagar, o sorriso para escarnecer e a voz para amaldiçoar.
Como chegámos a isto?

7 comentários:

  1. O homem sempre foi tal qual é...tremendamente imperfeito... tal como no início e tal como será no inevitável fim... beijo

    ResponderEliminar
  2. Em todos os tempos, o homem amaldiçoou, esmagou e escarneceu...O que me assusta é que hoje é mais fácil do que nunca espalhar o terror pelo mundo inteiro. Antes havia guerras e perseguições mas sabia-se onde elas estavam. Hoje, uma mochila deixada ao acaso numa estação de metro, pode matar centenas de pessoas. O que assusta realmente são as dimensões que a cobardia humana está a assumir...

    ResponderEliminar
  3. Imagino que tudo começou quando alguém, por ter mais umas coisitas, se começou a imaginar superior. Ainda dizem que somos racionais, se fossemos há muito tempo que teríamos parado para pensar e teríamos mudado a nossa atitude. Basta antes de agirmos pensarmos: Gostaria que alguém me fizesse o mesmo?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Obrigada às três pelos lindos comentários! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Não respeitando nem os outros, nem a nós próprios. Digo eu...

    ResponderEliminar
  6. Eu? não, eu nao fiz nada, nao fui eu...

    ResponderEliminar
  7. Carlos, é isso mesmo...

    Otário, fico tão contente por não teres sido tu...! Já estava a pensar deixar de seguir o teu blog e rejeitar os teus comentários... que alívio...! =)

    ResponderEliminar