06/07/2017

Obrigado

Confunde muito os estrangeiros o facto de a nossa palavra de agradecimento ter declinação masculina e feminina. Mesmo a maioria dos portugueses não sabe ou não entende que quando dizemos obrigado ou obrigada isso depende do sexo da pessoa que o diz, independentemente da pessoa a quem é dito.
E hoje dei conta de uma coisa... Que até me entristeceu, confesso! Só em Português é que a palavra de agradecimento está colada a uma obrigação. Há um dever implícito ali patente, fico "obrigada" perante a outra pessoa. ...ou perante muitas pessoas, quando se ouve aquela maravilha que é o "obrigados"!
"Give thanks" significa dar graças. E Danke, em alemão, é outra versão com a mesma origem. Ou Gracias. Ou Grazie. Ou Merci, de mercê, que significa graça, favor. Todos estes idiomas que conhecemos se limitam ao agradecimento reconhecido. Só os Lusos se sobrecarregam com a obrigação humilde de não deixar a graça por pagar. Obrigado, obrigado, obrigado... Se no mesmo dia vinte vezes recebermos uma benção, vinte vezes nos obrigamos a recordar e a seu tempo retribuir a graça.
Não admira que seja triste e melancólica a Alma Lusa, com as suas Saudades e as suas Obrigações. 

12 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu estou cá é, entre outras coisas, para pôr o povo a pensar, Pedro! =) bom fim de semana!

      Eliminar
  2. E é tão boa a Alma Lusa.
    Como alguém dizia há pouco tempo: "continuem esquisitos. isso é que vos faz unicos"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo encorajamento, Anfitrião! =) e bem-vindo ao Meu Pedestal!

      Eliminar
  3. Todos os dias me surge uma dúvida ou inquietação sobre esses assuntos da nossa língua portuguesa... Não ainda é confuso para mim.

    Abraço profundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O maravilhoso e confuso Português... Haverá sempre mistérios a descobrir, Sara Com Café! =)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. não sei... parece coisa que só se diz em situações muito formais... =)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. também Carlos. Bem embutida na nossa natureza...

      Eliminar
  6. O mais correto é o Bem-haja.
    O obrigado devia ser utilizado, só, por todos aqueles que conseguiram algo sem que para isso tenham trabalhado e, por esse motivo, estão obrigados a agradecer. Há muitos em Portugal e talvez por isso o obrigado se tenha generalizado.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como disse a Luisa, o "bem-haja" parece ser uma boa alternativa... mas não me é lá muito familiar.
      E gostei muito da "charutada" aos malandros que por aí polulam...

      Eliminar