20/04/2010

Bigodaça

Não sou nada apreciadora de bigodes... Aprecio, sim, a atitude de "ter um bigode". O cuidado. a veneração. O narcisismo orgulhoso.
Ontem estacionei ao lado de uma carrinha-estilo feirante (branca, grande, para poder levar montes de mercadoria) ao mesmo tempo que um senhor entrava lá para o lugar do condutor.
Ao sair do meu carro olho para o lado e vejo o senhor, com uma escova de cabelos (daquelas mesmo largas e bastante farfalhudas) a pentear devotamente o seu bigode, olhando para o retrovisor.
Fiquei maravilhada... Eu, que às vezes nem tenho paciência para pentear o cabelo...

Sem comentários:

Publicar um comentário