18/12/2009

O outro lado...

Não é que eu não goste do Natal... Gosto muito, como mostrei no post anterior... Mas, desta vez, vou falar do que não gosto no Natal.
Não gosto daquelas pessoas que nos ignoram o ano inteiro e que agora nos mandam uma mensagem a desejar tudo de bom e muitas prendinhas e um feliz 2010 e depois nem se vão preocupar em perguntar durante o ano se está tudo a correr bem e como é que estamos. Como se, por nos desejarem tudo de bom no início do ano, as suas obrigações de amigos ou colegas ficassem automaticamente saldadas.
Não gosto daqueles grupos que não parecem grupos; que são mais pequenos ajuntamentos dos individuais do que uma soma e comunhão de todos; que se reunem de má vontade, que não se apoiam nem se conhecem enquanto grupo e, nesta altura, se aprontam para fazer ceias e trocas de presentes completamente desprovidas de sentido. Estas ceias servem mais para os membros do grupo se reencontrarem do que para outra coisa, porque durante o ano o pessoal não põe os pés nas reuniões... Se não fosse a ceia de Natal, nem nos víamos o ano inteiro, por isso, bora lá fazer uma jantarada e que bom que vieste, já não te via há tanto tempo e, no final, até pro ano, pra próxima ceia.
Não gosto destes hábitos que criámos e que agora fazemos sistematicamente, só porque é costume. Não têm lógica nem sentido e as pessoas deviam ter o bom senso de distinguir quando a ceia é verdadeiramente uma celebração do Natal, que queremos partilhar com as pessoas que nos acompanham na caminhada durante todo o ano, e quando se trata simplesmente de uma desobriga, um hábito que é da praxe e que toda a gente espera que se realize.
Isto não faz sentido. Não gosto disto. Não gosto dos dias antes do Natal nem daquelas pessoas que dizem "e quando vai ser a ceia da empresa?... dia 12?não posso, tenho ceia do grupo X, a 13?não da, tenho ceia na câmara municipal... e no 14 a da junta de freguesia. querem dia 15? mas não vou poder ir eu, porque tenho a ceia do grupo que esperou comigo na paragem do autocarro na semana passada. E, grande coincidência, no dia 16 é a do grupo que esteve 2 horas à espera de consulta no Centro de Saúde...começamos a falar e, conversa puxa conversa, vamos fazer tambem uma ceia. No dia 17, já esta marcada desde o ano passado a do grupo da hidroginastica; e no dia 18 é a do grupo de voluntários da causa XPTO; a 19, a da Associação de Pais da escola da miúda e a 20 a da do miúdo; no dia 21 vamos à da associação recreativa não sei de onde e no 22 à do jornal da cidade; a 23, é com a padre lá da freguesia...e a 24...com quem é mesmo? ah, é a da família..."

Sem comentários:

Publicar um comentário