31/05/2017

"Em toda a adversidade do destino, a condição que gera mais infelicidade é o facto de se ter sido feliz." Boécio, De Consolatione Philosophiae

É esta a suprema frustração da humanidade. Carregar memórias que, por comparação, tornam mesquinhas as perspectivas do futuro, se a nosso imaginação e fé não forem suficientemente fortes para crer que há melhor ainda por vir.

Diz que para se saber o que é o doce, tem que se conhecer o sabor do amargo. Mas voltar ao amargo depois de experimentar o doce é intolerável.

6 comentários:

  1. As boas memórias não deveriam impedir os bons sonhos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou memorizar, Luisa! Obrigada! Um beijinho

      Eliminar
  2. Às vezes é bom experimentar o amargo, para não esquecermos que existe.

    ResponderEliminar
  3. Isso servirá para que na próxima vez que experimentarmos o doce o saboreemos mais calmamente.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma lição importante de aprender, Mary!

      Eliminar